Operador de Máquinas

Quer receber vagas como essa no seu celular de graça? Cadastre-se agora!

Esqueceu sua senha?

Já faz tempo que a Revolução Industrial, a modernização e a digitalização transformaram definitivamente o modelo de produção de nossa sociedade. Com todas essas mudanças, vieram vantagens como o aumento da produção e da qualidade dos itens fabricados, as diferentes possibilidades de mercadorias a serem produzidas e o crescimento da demanda por mão de obra especializada para operar as novas máquinas.

Assim, sai na frente a empresa que tiver mais eficiência tanto no que diz respeito aos elementos técnicos, quanto em relação ao capital humano necessário para tornar os resultados reais. Nesse contexto, aproveite para conhecer melhor os profissionais responsáveis pela operação das máquinas que impulsionam a economia e contribuem com a qualidade de vida de milhões de brasileiros.

Área de Atuação

Muito mais do que simplesmente conduzir equipamentos industriais, os operadores de máquinas são responsáveis por diferentes funções ligadas ao funcionamento de equipamentos nas indústrias. Entre as principais atribuições desses colaboradores, estão: configurar a máquina de acordo com o resultado desejado ou baixar na máquina o software previamente elaborado pelo programador; alternar as funções da máquina de acordo com a linha de produção; corrigir problemas de desempenho do equipamento ou reportar falhas aos superiores; garantir que a máquina atue com alto desempenho e eficácia. Ler e interpretar dados e desenhos técnicos ligados ao equipamento a ser conduzido também podem ser atribuições desse profissional.

A área de atuação é ampla e o operador pode atuar com maquinários destinados desde o setor alimentício até a indústria automotiva, passando por produtos de limpeza, equipamentos agrícolas e peças mecânicas. De forma geral, esses trabalhadores podem atuar com ou sem Controle Numérico Especializado (CNC), que implica no domínio das configurações dos equipamentos.

Existem vagas para operadores de máquinas em diferentes tipos de indústrias e a média salarial é de R$ 952,89. Esse valor, no entanto, pode variar de acordo com o local de trabalho e a experiência do profissional.

Capacitação

É fato que a modernização das máquinas diminui a presença humana nas fábricas de todo o mundo, mas não a dispensou completamente. Para que funcionem, os equipamentos precisam de profissionais capacitados a manejá-los e dominá-los de acordo com a função a qual se destinam. Isso demonstra que, se por um lado houve a redução nas contratações por conta das máquinas, por outro é necessário que os profissionais sejam qualificados para lidar com toda essa digitalização. Assim, sai na frente quem tem mais conhecimento e especialização.

Para auxiliar os candidatos que desejam qualificar-se, várias instituições oferecem cursos profissionalizantes voltados à operação de máquinas – e o Senai é uma delas. Com módulo único e carga horária de 20 horas, o conteúdo programático apresenta tópicos como: introdução à operação de máquinas pesadas, cuidados para a utilização da máquina, segurança na manutenção e relações de política ambiental.