Escriturário

Quer receber vagas como essa no seu celular de graça? Cadastre-se agora!

Esqueceu sua senha?

Entenda o que faz e quais são as áreas de atuação deste profissional

Atualmente, esses profissionais têm fundamental importância na rotina das empresas e dos órgãos públicos, pois as atividades que executam estão ligadas ao controle de contas e gastos, contribuindo assim com a estabilidade financeira do local em que atuam.

ÁREA DE ATUAÇÃO E MERCADO DE TRABALHO

Os escriturários são os responsáveis por realizar lançamentos financeiros em contas e registrar a movimentação em livros e fichas de controle. Apesar da maioria das escriturações terem fins contábeis, também existem as formas mercantis e comerciais – que dizem respeito ao comércio - e fiscais, que se relacionam aos impostos.

De forma mais específica, o escriturário é encarregado de lidar com a burocracia da empresa para a qual presta serviços. É ele quem realizar o controle contábil da organização e possibilita o acesso ao crédito e aos dados da empresa quando forem solicitados. Também é função do escriturário registrar, de acordo com os trâmites legais, o pagamento de dívidas e o fluxo de dinheiro do estabelecimento.

As áreas de atuação do escriturário dividem-se entre contábil, fiscal e comercial. A primeira trata da realização de lançamentos ligados à contabilidade, registro da movimentação financeira e análise de patrimônios. Já a escrituração fiscal (ou tributária) analisa o faturamento e o recolhimento de impostos de acordo com os aspectos legais, calculando e elaborando guias tributárias e coordenando a rotina de atendimento às obrigações fiscais.

A escrituração comercial, por sua vez, trata do registro e da documentação de todos os negócios da empresa com o objetivo de contabilizar lançamentos e elaborar relatórios de prestação de contas.

No que diz respeito às vagas, tanto o setor público quanto o privado apresentam grande demanda pelos serviços desses profissionais. A baixa quantidade de trabalhadores qualificados na área faz com que a remuneração aumente, especialmente para os escriturários tributários. A média salarial de um escriturário é de R$ 2.046,06.

CAPACITAÇÃO

Ter Ensino Superior em ciências contábeis, curso técnico ou especialização na área são as formações, geralmente, exigidas pelas empresas e órgãos públicos que contratam escriturários.

Fonte: http://www.aquitemrh.com.br/salarios.php?page=28